Professores de Quixaba participam de palestra sobre Educação Ambiental

“Trabalhar com lixo é muito difícil”, foi com base nessa afirmação que o geógrafo Francisco Solís conduziu a palestra para professores da rede pública de ensino de Quixaba sobre Educação Ambiental, com o tema “Lixo, um bem comum”, na manhã dessa quarta-feira, 17 de abril, na Escola Municipal Cícero Sulpino.

Essa ação, promovida pela Prefeitura de Quixaba por meio da Secretaria de Educação, em atendimento a uma exigência do Ministério Público, tem o objetivo de instituir no âmbito escolar uma nova postura – mais consciente, saudável e sustentável – no trato com o lixo de um modo geral.

Preservação, conservação, conscientização, conceito de lixo (coleta seletiva, descarte), tipos de resíduos, lixo reciclável, rejeitos, aterros sanitários, foram alguns dos tópicos que estiveram na pauta do encontro com os docentes que agora têm a missão de trabalharem, em sala de aula, esse tema, de modo que possa gerar reflexos não apenas no espaço físico escolar, mas em toda a comunidade quixabense.

“Trabalhar com lixo é difícil, e ele está aumentando cada vez mais. Precisamos mudar nossa cultura, e isso pode começar na escola, estendendo-se à comunidade. A coleta seletiva, por exemplo, é uma maneira interessante de lidar com esse problema, pois gera renda também. Sem contar que é uma maneira inteligente de aproveitar e descartar o lixo”, afirma o professor Francisco Solís.

Além dos docentes, coordenadores do fundamental I e II e a diretora do Cícero, Marileuza Gomes, também participaram. Para a diretora, quem ganha com a Educação Ambiental é o aluno, que poderá levar o conhecimento que será transmitido pelo professor para dentro da sua casa.

“Já temos realizados trabalhos relacionados a ideias de sustentabilidade em sala de aula, como em relação a água. Incrementar o ‘lixo’ no nosso cronograma certamente será um acréscimo grande em termos de conhecimento que, esperamos, possa ser praticado no dia a dia do nosso aluno em sua casa”, enalteceu Marileuza.

« Voltar