Combate ao Abuso e à Exploração Sexual

Em ação conjunta das secretarias de assistência social, por meio do Centro de Referência da Assistência Social de Quixaba (Cras Quixaba), e educação, a Prefeitura Municipal de Quixaba promoveu na manhã desta quinta-feira a campanha nacional em prol do 18 de maio, data conhecida como o Dia do Combate ao Abuso e à Exploração Sexual contra Crianças e Adolescentes. O evento, que aconteceu na Escola Municipal Cícero Sulpino, contou com a participação do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas), regional de Várzea-PB.

O combate ao abuso e a exploração sexual acontece no dia 18 de maio por conta do caso da menina Araceli, que neste dia, no ano de 1973, foi brutalmente assassinada por dois rapazes que a sequestraram quando ela voltava da escola.

Assim, o objetivo do evento foi alertar as crianças e adolescentes acerca dos riscos que elas podem sofrer ante pessoas mal-intencionadas, e como fazer para reconhecer essas pessoas e evitá-las.

“A partir do caso Araceli foi que o poder público viu que era necessário fazer algo para combater isso (o abuso e a exploração sexual). As crianças precisam saber identificar quem são as pessoas boas e ruins deste mundo. Então, esse 18 de maio serve para alertar as crianças a respeito dessas pessoas ruins, que querem abusar e explorá-las sexualmente”, resumiu a assistente social do Creas Maria Nayara.

A ação mobilizou toda a escola com a realização de uma palestra, oficinas de artes e teatro, exibição do filme “O Segredo de Nara” e roda de conversa para debater o tema. Teve na plantação de flores (o símbolo da campanha) a sua culminância.

« Voltar